A Estrela de Belém- Uma nova perspectiva para uma antiga história

A sinopse de A Estrela de Belém (The Star, 2017) deixa a entender que se trata de mais uma animação natalina regada a animais falantes, renas e presentes entregues por um papai noel que desce chaminés. Porém, o filme saí da tradição e  traz de plano de fundo a  história mais importante e famosa da humanidade: o nascimento de Jesus Cristo. A animação apresenta uma jovem Maria descolada que não sabe como reagir ao chamado de Deus trazido pelo anjo Gabriel. José aguarda ansiosamente pelo seu casamento com a Virgem e é um dos personagens que mais se destaca por seu jeito confuso de ser e por um mau humor  até que muito bem humorado. Os dois formam um casal moderno e leve, diferente do que se espera.

Estrela de Belém

Imagem: divulgação

A protagonista deste longa, no entanto, não é Maria nem José, muito menos o menino Jesus e sim, um carismático burrinho nomeado de Bo. O jovem burro trabalha no moinho junto com um companheiro já de idade. Bo anseia por uma vida fora daquele lugar e compartilha esse sonho com seu melhor amigo, o pombo Dave. Os dois planejam diversas maneiras de Bo sair dessa prisão e ir ao encontro da caravana real. Quando o burro finalmente consegue fugir, o destino o leva para outro lugar. Ele vai parar na nova casa de José e Maria, que logo se apaixona e cuida do animalzinho.

A afeição pelo casal faz com o que Bo desista de seu sonho e os ajude a proteger a criança que Maria carrega em seu ventre. Assim como a história contada na Bíblia, o Rei Herodes da Judeia manda matar todas as crianças se aquele que é chamado de novo rei não for achado. O companheiro inseparável de Bo, Dave, embarca nessa aventura com ele, e no meio do caminho os dois encontram uma nova amizade, a ingênua e fofa ovelha Ruth, que fugiu de seu rebanho para seguir a estrela brilhante que apareceu no céu, pois sabia que ela era a premonição de algo bom. Juntos, o trio enfrenta perigos e saí de diversas enrascadas para salvar Maria.

A Estrela de Belém

Imagem: divulgação

O filme é centrado em Bo em sua missão de proteger o casal que o ajudou, mas os pontos mais essenciais da história do nascimento do Messias são abordados, como os presentes dos reis (ouro, mirra e incenso), a manjedoura no estábulo, o censo dos moradores da Judeia pedido por César, rei romano e o casamento de Maria e José. Todos os personagens do cristianismo que são importantes para esse episódio também aparecem durante o longa. Os pais de Maria, São Joaquim e Ana, o Rei da Judeia e os três reis magos são alguns exemplos. O filme funciona como uma forma didática e descontraída de explicar para as crianças o significado do Natal.

A Estrela de Belém

Imagem: divulgação

A Estrela de Belém é recheado de comédia e tem um entendimento muito simples, servindo para o seu propósito e público alvo. Maria e José têm as características físicas de seu povo e não foram ocidentalizados, o que é um ponto muito positivo para a verossimilhança da história. Apesar da animação ser mais uma com animais falantes, ela consegue não cair no clichê, pois eles têm personalidades muito bem construídas e diferentes entre si, com destaque para a ovelha Ruth, Dave e para Abby, uma roedora da espécie jerboa pigmeu que estava com Maria no momento em que esta recebe a visita do anjo.

Ao final, o burro Bo alcança algo muito maior do que dirigir a caravana real. O filme mostra companheirismo e amizade, tudo regado a altas risadas causadas pelos diálogos e pela naturalidade dos pais de Jesus. Maria, em diversos momentos, mostra-se pura e boa e José demonstra o seu amor por ela ao aceitar a missão que Deus deu a eles. Cheio de aventura e descontração, o longa é uma boa síntese da história do primeiro natal para que as crianças possam entender a importância deste dia, assim como a camela Deborah enfatiza no final, dizendo que famílias se unirão neste mesma data por milênios para comemorar o nascimento do Messias, explicando, de forma simples, o famoso 25 de Dezembro.

A Estrela de Belém chega aos cinemas no dia 30 de Novembro. Confira o trailer:

por Júlia Vieira
juliavcamargo@live.com

Comentários