Cine Trash

10 remakes que simplesmente não deveriam existir

Todos nós estamos sujeitos ao bloqueio criativo - Hollywood inclusa. Os remakes e reboots são uma tática comprovada de produzir filmes de sucesso quando não se consegue novas ideias, e, embora criticados por muitos, ainda são lucrativos. Com mais de um século de produção de roteiros originais [...]

Lagoa Azul: O Despertar, quando Nicholas Sparks encontra Lost

Os dois adolescentes perdidos em Lagoa Azul: O despertar (Blue Lagoon: The Awakening, 2012) teriam muito a ensinar ao Chuck Noland (Tom Hanks) de Náufrago (Cast Away, 2000). Aparentemente, em situação de isolamento, apenas ter uma pessoa ao seu lado já é mais do que suficiente para garantir sua [...]

Apertem os Cintos… O Piloto Sumiu! (Airplane!, 1980)

Como você se imaginaria se estivesse em um avião prestes a cair? Estaria realizando um parto? Caso você seja um médico, é claro (se não, nem tente). E que tal tendo relações sexuais com um boneco inflável? É com prazer que redijo esta resenha sobre um, ou melhor, o clássico do cinema de humor [...]

Guilty Pleasures: Sete filmes que odiamos amar

Sabe aquele filme que você ama, mas tem consciência de que é meio ruinzinho? Ele é um Guilty Pleasure! Em tradução do inglês, o termo significa “prazer culpado” e pode designar basicamente qualquer coisa que você adore, mas tenha vergonha de gostar. Essa lista trata exatamente deles: nossos [...]

A Entrevista

Em meio a tensões globais e ameaças de um conflito nuclear, o cinema pode servir como um escape desse caos e como um despertador de reflexões sobre o próprio mundo. Esse é o caso de A Entrevista (The Interview, 2014). Ou talvez nem tanto. A produção gerou muita polêmica por satirizar o governo [...]

The Rocky Horror Picture Show: Trash é o Novo Cult

No mundo cinematográfico, as paródias parecem estar fadadas ao gênero trash – vide a franquia de gosto duvidoso Todo Mundo em Pânico (Scary Movie, 2000). Um longa que se propõe a parodiar os filmes B de terror e ficção científica dos anos 1950 é, portanto, trash por excelência. Mas, algumas [...]

Drácula – Morto e… dispensável?

Drácula - Morto Mas Feliz, é uma paródia do clássico de Bram Stoker com o grande Leslie Nielsen no papel do conde vampiro. O humor pastelão típico do ator até diverte, mas não é o bastante para colocar o filme entre os clássicos da comédia, como é a obra inspiradora para o terror.

Seja educado ou morra tentando: Mamãe é de Morte

Mamãe é de Morte (Serial Mom, 1994) conta a história de Beverly Sutphin, uma típica (leia-se: estereotipada) dona de casa americana que passa a cometer assassinatos macabros em nome da moral e dos bons costumes estadunidenses. Entre suas vítimas, encontram-se um professor de matemática que [...]

Um passado (nem tão) mágico: Xuxa e os Duendes

Xuxa Meneghel, a “rainha dos baixinhos”, foi um sucesso da televisão brasileira nas últimas décadas. Além da TV e da música, a artista se arriscou também pelo universo cinematográfico. Apesar da repercussão de seus filmes ter sido grande quando foram lançados, a verdadeira contribuição da [...]