Mondo Tarantino

A nova Segunda Guerra Mundial

O filme Bastardos Inglórios (Inglourious Bastards, 2009), um dos mais recentes do diretor estadunidense Quentin Tarantino, já se tornou um clássico aos fãs da forma já consagrada do artista: a banalização da morte e da violência que já acompanha seus trabalhos desde o amador My Best Friend’s [...]

A nova Segunda Guerra Mundial

O filme Bastardos Inglórios (Inglourious Basterds, 2009), um dos mais recentes do diretor estadunidense Quentin Tarantino, já se tornou um clássico aos fãs da forma já consagrada do artista: a banalização da morte e da violência que já acompanha seus trabalhos desde o amador My Best Friend’s [...]

Menos sangue, mais história e um final inesperado

Após o derrame de sangue de Kill Bill vol. 1 - e a revelação inesperada que acontece nos minutos finais do filme - é quase impossível controlar a curiosidade por Kill Bill vol. 2 (idem, 2004). Mas para quem esperava ver mais cabeças decepadas e lutas de kung fu, o filme pode ser meio [...]

Vingança, kung fu e muito sangue: por que não?

O que voce faria se no dia do ensaio do seu casamento seus ex-colegas resolvessem aparecer e atirar em todos os presentes, inclusive você? E se você não morresse, mas acordasse quatro anos depois, e descobrisse que perdeu o seu bebê também? Essa é a trama que Tarantino nos apresenta em seu [...]

Isto não é uma resenha de Grindhouse

Deixa eu explicar melhor: não é uma resenha porque “Grindhouse” não é um filme. Como assim? Pois é, leitor, estamos nos deparando com algo diferente. “Grindhouse” é na verdade um projeto feito em conjunto entre os diretores e roteiristas Quentin Tarantino e Robert Rodriguez. Os dois cineastas [...]

Brown, Jackie Brown: Tarantino e o freio de mão

Daqui a cinquenta anos, ainda serão poucos os que acham Jackie Brown (idem, 1997) o melhor filme do cineasta norte-americano. Isso se lembrarem do diretor até lá. A posteridade será cruel com o filme estrelado por Pam Grier e Samuel L. Jackson; talvez a culpa seja menos dessa homenagem ao [...]

Luz, câmera e violência: a primeira vez de Quentin Tarantino

Se há quem acredite que o primeiro filme de um diretor determina toda sua trajetória cinematográfica posterior, Cães de Aluguel (Reservoir Dogs, 1992) é um bom exemplo para embasar tal crença. O “primogênito” já continha as principais características do Tarantinos’ Way of Life, sem deixar nada [...]

Desleixado, mas só à primeira vista

Pés cruzados para cima. É assim que começa À Prova de Morte (Death Proof, 2007), filme de Quentin Tarantino, lançado no ano de 2007. A cena se repete em diversos momentos do longa, que traz a história de Mike, um dublê que possui um carro que é, segundo ele, indestrutível. Dublê Mike - é assim [...]

A violência como protagonista: o humor negro de Tarantino

Pulp fiction - Tempo de violência é o segundo filme de Quentin Tarantino, lançado em 1994 e é o mais associado à imagem do diretor, sendo o de maior sucesso, pois rendeu uma bilheteria de US$ 212.900.000 e foi indicado a sete Óscares, incluindo Melhor Filme e um prêmio de Melhor Roteiro [...]

Livre, pero no mucho

  Toda vez que um grande diretor lança um novo filme, principalmente depois de um hiato considerável, a espera por algo que supere em qualidade a última produção é sempre grande. Se o filme consegue passar pela bateria de críticos e tem seu estatuto validado como suficientemente bom para [...]