Darth Vader, o filho da Força

por Maria Beatriz Barros

Anakin Skywalker é fruto da vontade da Força. Shmi Skywalker gerou sem um pai aquele que, anos mais tarde, seria conhecido como Darth Vader, o temido Lorde Sith da saga Star Wars (Star Wars, 1977-2005). Antes de sucumbir ao Lado Negro da Força, Anakin foi considerado o mais poderoso Jedi da galáxia.

Sua jornada começa em 32 ABY (Antes da Batalha de Yavin) em Tatooine. Anakin e sua mãe eram escravos de Watto, um sucateiro Toydariano. Desde pequeno, o menino era conhecido por poder consertar e construir qualquer coisa, um prodígio na matemática e engenharia. Certo dia, ele salvou JarJar Binks de uma briga com Sebulba. O gungan estava acompanhado do Mestre Jedi Qui-Gon Jinn, o robô R2-D2 e a Rainha de Naboo Padmé Amidala, disfarçada de serva. Skywalker fica encantado com a menina, chegando a perguntar se ela era um anjo. Ele oferece a comissão abrigo durante uma tempestade de areia.

A comissão estava fugindo para Coruscant, após o Vice-Rei da Federação tentar forçar a rainha Amidála a assinar um acordo que legalizaria o planeta a invadir Naboo. Durante a fuga, o hiperpropulsor da nave quebra, e Anakin se propõe a competir na perigosa corrida de pods, a fim de conseguir dinheiro para comprar as peças necessárias para consertar a nave.

Secretamente, Qui-Gon Jinn faz um acordo com Watto para, caso Anakin ganhe a corrida, aquele lhe concedesse liberdade. Em um pod que ele mesmo construiu, o pequeno Skywalker vence a corrida. Ele hesita em deixar sua mãe em Tatooine, mas acaba partindo com o Mestre Jedi e sua comissão para Coruscant.

luke1No planeta, Skywalker é apresentado ao Conselho Jedi, que o testou de acordo com a crença de Jinn que ele era o Escolhido  das profecias, quem iria trazer o equilíbrio para a Força. Os talentos de Anakin foram provados, mas o Conselho reluta em permitir seu treinamento. O menino havia mostrado muito medo e raiva, resultado dos anos que vivera como escravo, sentimentos que poderiam atrapalha-lo como aprendiz Jedi. Sem lugar para ficar, Skywalker segue para Naboo com Jinn, seu padwan, Obi-Wan Kenobi e o restante da tripulação.

Qui-Gon Jinn é atingido durante uma luta com Darth Maul, e morre. O lorde Sith é derrotado por Kenobi, que se prova apto a se tornar um Mestre Jedi. Atendendo ao último pedido daquele que o treinou a vida toda, ele faz de Anakin seu padwan.

O relacionamento de Obi-Wan e Skywalker era bastante complicado. As habilidades naturais do menino, combinadas com a grande esperança depositadas nele, incitaram traços arrogantes no padwan.  O Mestre Jedi também tinha muitas dúvidas quanto a sua capacidade de treinar Anakin. Ainda que ele amasse o mestre como um pai, Skywalker ia, frequentemente, procurar os conselhos do Supremo Chanceler Palpatine.

luke2

Anos depois da Corrida de Pods que tirou Anakin da escravidão, o menino, agora um Jedi, reencontra a Senadora Padmé Amidála, quem havia conhecido anos antes como rainha de Naboo. Eles se apaixonam, e contra as regras da Ordemi, se casam secretamente, na presença apenas dos robôs R2-D2 e C-3PO.

Padmé engravida, e Skywalker passa a ter sonhos de que ela morreria dando a luz aos seus filhos. Transtornado, ele busca a ajuda do Supremo Chanceler Palpatine. Ele afirma ao Jedi que o Lado Negro da Força é o caminho para salvar sua amada, com o poder dos Sith, ele seria capaz de evitar a morte dela, e se revela um Lode Sith, Darth Sidious.  Anakin, confuso, torna-se Darth Vader, um aprendiz Sith.

Como primeiro ato, Vader guia uma legião de clones ao templo Jedi, onde matam todos os que estavam lá. A próxima missão do Lorde Sith era acabar com os lideres separatistas no planeta vulcânico Mustafar. Sua esposa, Padmé, parte até lá para tentar trazer seu marido de volta. No entanto, seu antigo mestre, Obi-Wan Kenobi, estava escondido na nave da antiga rainha de Naboo. O fato enfurece Vader, que deixa a esposa inconsciente.

Kenobi e Vader partem para uma batalha histórica, na qual o Jedi, em um golpe certeiro, decepa um braço e duas pernas do Sith. Aquele que era o escolhido para trazer o equilíbrio para a força é deixado para morrer em um rio de lava, quando Darth Sidious o encontra e acopla o resto de seu corpo a uma armadura negra robótica, que o mantem vivo.

O agora Imperador Palpatine mente a Vader, e afirma que ele matou Padmé, em um acesso de fúria, quando na verdade, ela morre pouco tempo depois, ao dar a luz aos gêmeos Luke, enviado para Tatooine para ser criada por tios, e Leia, adotada por Bail Organa, Chefe da Casa Real de Alderaan.

Darth Vader continua a trabalhar para o Império durante os dezenove anos seguintes. Quando os planos para a construção da Estrela da Morte, uma arma do Império, é roubada pela resistência, o Lorde Sith lidera um ataque a uma nave rebelde para recuperá-los, para encontrar lá Leia, sua filha desconhecida. A líder rebelde esconde as fitas de dados junto a um pedido de socorro dentro de R2-D2 e o envia a Tatooine em busca de Obi-Wan Kenobi.

Aquele que um dia fora o instrutor de Darth Vader recebe a mensagem de Leia e vai ao encontro da princesa, junto ao astromecânico, Luke Skywalker, Han Solo, Chewbacca e C-3PO. Vader e Kenobi se confrontam uma última vez e o Lorde Sith derrota seu antigo mestre. Seus filhos, junto a outros membros da resistência, conseguem escapar, mas sem saber que neles havia sido colocado um rastreador, para que o Império conseguisse encontrar a base rebelde.

Durante uma luta contra os rebeldes na Estrela da Morte, Vader e seus pilotos são atacados por trás pela Millennium Falcon. A estação espacial é destruída, mas Vader sobrevive. Tal batalha ficou conhecida como Batalha de Yavin, e marcou o ano zero da nova ordem galáctica, tempos depois.

Ele passa então a ter uma obsessão pelo filho, e o caça por todos os confins do espaço, chegando a contratar caçadores de recompensas para seguir a nave onde o Jedi estava. Por fim, eles consegue uma emboscada, na qual pai e filho duelam. O Lorde Sith decepa a mão de Luke com seu sabre de luz, e lhe conta a verdade sobre sua origem, na tentativa de trazer o menino para o Lado Negro. Ele se recusa e se atira em um abismo.

Tomando conhecimento de uma segunda Estrela da Morte, Luke vai até Darth Vader sob o pretexto de rendição, mas na verdade quer apenas provar que ainda existia bondade no pai. Luke tenta atacar o Imperador Palpatine, depois de ser tentado a juntar-se ao Lado Negro da Força. Vader, no entanto, bloqueia a investida do filho e ambos duelam pela última vez.  Durante o duelo, o Lorde Sith descobre, fazendo o uso de telepatia, que tem mais uma filha, a líder da resistência Leia.

Luke corta a mão do pai e resiste mais uma vez ao Lado Sombrio. O Imperador,  furioso, responde mandando raios contra Skywalker. Então, quando o Imperador mataria Luke com uma rajada final, Darth Vader, com o seu braço restante, agarra Palpatine e lança-o no poço do reator principal da Estrela da Morte, destruindo definitivamente cumprindo, assim, a profecia que dizia que ele seria aquele que traria o equilíbrio a força.

Como Anakin Skywalker, o mais poderoso dos Jedi se despede do filho, que retira sua mascara e contempla, pela última vez, o Escolhido. Ele se torna um espirito Jedi de luz, junto a Obi Wan Kenobi e Yoda.

luke3

Comentários