Gostosuras ou travessuras…

Rafael Ciscati

Em pleno Halloween, Cinéfilos volta à ativa cheio de novidades: atualizações diárias, notícias a valer, novas resenhas e uma revista digital que não tarda a entrar no ar.

E,para fazer jus a data, nada como um bom filme de terror, não? Pois prepare os nervos e a pipoca : Atividade Paranormal (Paranormal Activity, EUA, 2007) não vai dar as caras nas telonas brazucas antes do dia 4 de dezembro. Mas a PlayArte, distribuidora da película, já tem armada uma  estratégia para promover o filme. Segundo a assessoria de imprensa da distribuidora, o público é que deve pedir pela exibição. As cidades com maior número de pedidos terão sessões de pré-estreia a partir de 13 de novembro. Para tanto, basta dar uns cliques no sitewww.atividadeparanormal.com.br .

Sustos e ruídos noturnos em Paranormal Activity

Sustos e ruídos noturnos em Paranormal Activity

A mesma estratégia foi utilizada nos EUA onde, além do maciço investimento em divulgação feito pela Paramount, o filme se beneficiou de um boca a boca eletrônico via redes sociais.

Escrito e dirigido pelo estreante Oren Peli, o enredo trata de um casal que, ao mudar-se para uma nova casa, passa a ouvir barulhos estranhos durante a noite. Encafifados com os misteriosos ruídos, os dois lançam mão de uma câmera e passam a gravar as experiências sobrenaturais que vivenciam. A estética caseira/documental já rendeu ao filme comparações com A Bruxa de Blair.

Nos EUA, o filme está entre os mais vistos, seguido por Jogos Mortais VI e Onde vivem os monstros. O feriado das bruxas, claro, só tende a dar uma mãozinha. Produzido com o baixíssimo orçamento de U$11 mil dólares, Atividade Paranormal amealhou cifras superiores a U$ 64 mi desde 25 de setembro, quando foi lançado comercialmente. Antes disso, no entanto, já tinha passado por festivais e pequenas exibições. Segundo o   Los Angeles Times, a Paramount, que detém os direitos de Paranormal… nos EUA, já fala em uma sequência.

Comentários