O que esperar do Universo Star Wars nos cinemas depois de Rogue One?

Rogue One – Uma História Star Wars (Rogue One – A Star Wars Story, 2016) ganhou as telonas no final de 2016 e inaugurou uma série de spin-offs de Star Wars, abrindo a promessa da Disney de fazer um filme da saga por ano, algo que foi divulgado desde que a empresa comprou a Lucasfilm em 2012. O longa surpreendeu os fãs ao contar uma história baseada em apenas uma fala de Star Wars – Episódio IV – Uma Nova Esperança (A New Hope, 1977), e se passar apenas poucos dias antes dos fatos ocorridos no primeiro filme da franquia. Além de um prelúdio, Rogue One apresentou possibilidades nunca vistas antes e tratou a história com seriedade, maturidade e realidade. Pela primeira vez, o peso de uma guerra e um governo totalitário se fizeram presentes, além de mostrar os dois lados de cada perspectiva, excluindo a óbvia luta entre os bonzinhos e malvados que tanto aparece na trilogia clássica.

Rogue One

Apesar da falta de carisma dos personagens principais, algo que afeta o envolvimento com o filme, Rogue One abriu novas portas para a saga, e principalmente para os spin-offs. O longa de Han Solo, por exemplo, já está em fase de produção e estreia em 2018. Ele contará a história de juventude do personagem título, interpretado dessa vez por Alden Ehrenreich. O ator já mostrou seu talento em Ave César (Ave Cesar, 2016) e parece ser uma escolha certeira para o papel. 

Outro longa deve ter o caçador de recompensas Boba Fett como protagonista, com previsão de estreia para 2020. Ambos os filmes tratam de personagens com defeitos, anti-heróis, o que deve contribuir para mais apostas ousadas. Han Solo pode ter uma pegada mais divertida, mesmo sendo mais adulta em relação a trilogia clássica, por conta de seus personagens amados, principalmente Chewbacca. Já Boba Fett tem tudo para outra vez surpreender os fãs, uma vez que a jornada do personagem tem alguns detalhes dramáticos (o fato dele ser um clone de seu pai e tê-lo visto morrer nas mãos do jedi Mace Windu, por exemplo), o que poderia gerar um sci-fi com mais profundidade.

Mas além deles, a compra da Disney significou desde o início a oportunidade de ver um infinito de possibilidades dentro de uma saga tão poderosa quanto Star Wars. Pensando nisso, o Cinéfilos teve quatro ideias de spin-offs que gostaríamos de ver no cinema:

1) Filmes da Velha República

O Universo Expandido de Star Wars conta com inúmeras histórias da era antes do golpe dado por Palpatine – Darth Sidious. Uma época quando a Ordem Jedi derrotou os siths e governou a galáxia com paz. Daria para fazer MUITA coisa para o cinema (e porque não para a TV?) relacionada a essa época, de como os jedis derrotaram os siths, dos siths que foram vivendo na clandestinidade, enfim, são várias as possibilidades.

2) Obi-Wan Kenobi

Um dos personagens mais amados da saga merece um filme só dele. O lendário Ben Kenobi tem um background enorme, que poderia gerar tanto filmes contando sua trajetória nas Guerras Clônicas, de seu exílio em Tattooine durante 20 anos e porque não, um filme sobre sua juventude como padawan de Qui-Gon Jinn? Até o Ewan McGregor, que interpretou o personagem, já demonstrou seu interesse em fazer os spin-offs em entrevista para a revista Premiere. Apenas façam isso acontecer!

3) Robôs com mais seriedade

C3PO, R2-D2 e BB-8 são os simpáticos robôs da franquia que roubam a cena sendo o alívio cômico. Mas a aparição de K-2SO mostrou uma outra faceta dos robôs, já que o personagem era sarcástico e amargurado. Dele pode surgir a ideia de fazer filmes relacionados e protagonizados por robôs, com roteiros que fizessem uma espécie de encontro entre as histórias de Isaac Asimov e a fantasia de Star Wars.

4) A verdadeira origem de Anakin Skywalker

Quando estreou, Star Wars – Episódio I – A Ameaça Fantasma (Star Wars – Episode I – A Phantom Menace, 1999) foi um balde de água fria jogada nos fãs. E não, não estou falando apenas de Jar Jar Binks, mas delas: sim, as midichlorians e a fala de Shmi Skywalker afirmando que simplesmente ficou grávida de Anakin, assim, do nada. Ok, já sabemos que Anakin é o Escolhido, mas sejamos sinceros: quem compra essa ideia furada? Principalmente essa de que você consegue ver a ligação de um jedi com a Força por um “exame de sangue”. Oi? Nossa sugestão: apaga tudo e faz de novo.

por Mel Pinheiro
mel.pinheiro.silva@gmail.com

Comentários