O show de referências em LEGO Batman: O Filme

lego-batman-1

Logo de cara, LEGO Batman: O Filme (The LEGO Batman Movie, 2017) mostra que não será um filme comum. A apresentação dos logos das empresas envolvidas na produção são acompanhadas de uma música de suspense, juntamente da voz do protagonista fazendo piadinhas ao fundo. Desde os primeiros segundos, o riso toma conta dos espectadores.

Com uma clara temática infantil, a trama é muito simples: trata-se de mais um dos infinitos embates entre Batman e seu arqui-inimigo, o Coringa. O vilão, tradicionalmente obcecado pelo homem-morcego, possui uma necessidade de provar para o herói a sua importância na rotina de combater o crime. Para isso, decide se entregar para a Polícia de Gotham e deixa a Arlequina responsável por arquitetar seu plano maligno.

Como plano de fundo, são retratadas as crises de solidão de Batman, opondo-se à fama e à legião de fãs que o perseguem. O mordomo Alfred, sempre irreverente, tem papel fundamental nessa parte da história, mas é quando Bruce Wayne conhece Barbara Gordon e acidentalmente adota o órfão Dick Grayson que o orgulho do bilionário começa a derreter.

lego-batman-2

São inúmeros os personagens da DC Comics marcando presença no longa, mas as referências não param por aí. Ícones da cultura pop brasileira e internacional, como Voldemort e Godzilla, aparecem a rodo, juntamente com citações aos quadrinhos e filmes mais antigos do morcego. São tantas informações que chega a ser difícil assimilar todas elas assistindo somente uma vez.

O elenco de dublagem também é recheado: estrelas como Mariah Carey, Channing Tatum, Jonah Hill e Michael Cera dão vida a alguns personagens. Infelizmente, Mark Hammill não reeditou sua clássica interpretação do Coringa, mas o talentoso e cômico Zach Galifianakis o substitui. A dublagem brasileira não deixa a desejar, incluindo diversos memes e piadas conhecidas no país.

Mesmo com o respeito às histórias tradicionais do Batman, a produção perde um pouco de seu charme ao infantilizar excessivamente seus personagens. O Coringa deixa seu ar psicopata de lado e se comporta como se sua relação com o protagonista fosse amorosa, cheio de bordões e clichês tão utilizados em comédias românticas. Wayne assume uma postura de galanteador, próximo do Homem de Ferro do atual universo cinematográfico da Marvel.

Outras obras da DC destinadas às crianças já foram feitas sem a necessidade de tais mudanças, mas depois de um período de adaptação à realidade do filme, as risadas atingem tanto crianças como adultos. LEGO Batman não conta, de forma alguma, uma ótima história como a trilogia de Christopher Nolan, mas cumpre seu papel de entreter e de causar um ótimo saudosismo nos fãs das histórias em quadrinhos.

Lego Batman: O Filme estreia dia 9 de fevereiro nos cinemas. Confira o trailer!

Por Breno Deolindo
breno.deolindo.silva@gmail.com

Comentários