Sororidade e comédia se misturam em Oito Mulheres e Um Segredo

Oito Mulheres e Um Segredo (Ocean’s 8) é um spin-off da franquia de filmes de Onze Homens e Um Segredo. O longa apresenta Debbie Ocean (Sandra Bullock), irmã do famoso criminoso Danny Ocean (George Clooney) e conta com a volta de alguns personagens conhecidos da franquia anterior, mas apresentando uma nova equipe.

No filme, Debbie acaba de sair da prisão onde passou seus últimos cinco anos. Durante esse tempo, ela planejou o plano perfeito para executar um dos maiores roubos de jóias de todos os tempos, durante o Met Gala, uma famosa festa de arrecadação de fundos organizada pela revista Vogue, em Nova York. Porém para o plano funcionar, Debbie não pode agir sozinha. Assim, ao lado de Lou (Cate Blanchett), sua parceira nos crimes, ela reúne um grupo de seis mulheres para ajudá-las a realizar o crime perfeito.

Oito Mulheres e Um Segredo

Lou ajuda Debbie a reunir a equipe ideal [Divulgação]

As personagens dessa “gangue perfeita” possuem personalidades e habilidades muito diferentes, mas se unem por um só ideal: roubar o colar de 150 milhões de dólares da atriz Daphne Kluger (Anne Hathaway).A equipe é formada por Debbie; Lou; a joalheira Amita (Mindy Kaling); a golpista Constance (Awkwafina); a receptadora Tammy (Sarah Paulson); a hacker Nine Ball (Rihanna); e a estilista de moda decadente Rose (Helena Bonham Carter).

São personagens de personalidades fortes para estarem fazendo aquilo e juntas, possuem um carisma e um entrosamento fluido para a narrativa, ao mesmo tempo que são cômicas sem apelar para estereótipos e piadas de duplo sentido.  

A trilha sonora é outro ponto alto de Oito Mulheres e Um Segredo, com músicas empolgantes, como a canção tema do filme: These Boots Are Made For Walkin, um clássico de Nancy Sinatra. As músicas mantêm o ritmo ágil da narrativa do filme, junto com algumas vinhetas que substituem e amenizam a mudança das cenas, dando um tom de série à produção. Porém, em alguns momentos, a forma como alguns personagens são inseridos é brusca e sem grande explicações, podendo deixar os espectadores confusos em alguns momentos, por exemplo, na primeira aparição do ex-namorado de Debby, Claude Becker (Richard Armitage).

Oito Mulheres e Um Segredo

Debbie, Tammy, Nine Ball, Lou e Constance planejam os detalhes do plano [Divulgação]

A narrativa também erra ao trazer um enredo já bastante conhecido para aqueles que assistiram aos primeiros filmes da série. Com cenas inquietas que dão a impressão de que a qualquer segundo o grupo pode ser pego, o público parece já aguardar um final inesperado, tirando um pouco a emoção do momento. Apesar disso, a mudança para um elenco totalmente feminino traz uma transição agradável, com tiradas rápidas e um humor antes não presente na trilogia.

Esse fato se deve principalmente a atuação impecável das atrizes. Com destaques para Mindy Kaling e Helena Bonham Carter, com seu timing cômico perfeito, para a novata Awkwafina, que conquista o público com seu talento, e para Cate Blanchett, a qual surpreende positivamente em um papel muito diferente dos que geralmente interpreta.

O girl power trazido por Oito Mulheres e Um Segredo faz o público torcer pelas personagens femininas e vai com certeza despertar uma vontade de ter um grupo de amigas como elas após o final da sessão.

Oito Mulheres e Um Segredo estreia dia 7 de junho nos cinemas. Assista ao trailer abaixo:

por Beatriz Cristina e Beatriz Crivelari
beatrizcristina.sg2000@gmail.com
beatrizcrivelari@usp.br

Comentários