Paixão Obsessiva: mais do muito mesmo

Alguns temas presentes na ficção funcionam desde sempre, já outros, se não forem repaginados de forma original, acabam caindo sempre nos mesmos clichês. A trama da esposa abandonada que vira a vilã da história ao atormentar a vida da nova namorada do ex-marido é um mote já batido até mesmo em novelas mexicanas e folhetins globais, e quando colocado no cinema, seu ar de dejá-vu se intensifica ainda mais. É o que acontece com Paixão Obsessiva (Unforgettable, 2017), que apesar de divertido, não apresenta absolutamente nada de novo.

katherine

O efeito de repetição também chega com a escolha de uma das protagonistas: Katherine Heigl. Apesar de ser uma atriz que interpretou inúmeras mocinhas de comédias românticas, o papel de esposa-louca-psicótica não é novidade para ela. A Tessa de Paixão Obsessiva é praticamente a mesma personagem que Heigl viveu em Lar Doce Inferno (Home Sweet Hell, 2015). Ambas buscam a perfeição a todo custo e vão aumentando seu perfil de loucura ao longo do filme, porém enquanto o longa de 2015 é mais sangrento e trash, Paixão Obsessiva é mais focado no suspense em volta dos personagens.

paixaoobsessiva

Por outro lado, temos a protagonista sofrida Julia (Rosario Dawson), que depois de viver um relacionamento abusivo, finalmente reencontrou o amor ao lado de David (Geoff Stults). Ela se muda para a cidade do namorado e tem que enfrentar a ex-esposa que ainda não largou o osso. Julia e Tessa são os perfeitos opostos, e não só em personalidade mas as diferenças podem ser notadas nos figurinos das duas personagens. Ao longo da trama, se descobre que elas tem algo em comum em suas histórias de vida, mas essa coincidência, que daria um conflito bastante interessante, é desperdiçada, já que não volta à tona em nenhum momento.

Algo a se destacar do filme são as boas cenas de suspense, que garantem uma diversão ao espectador comum. Mas ao mesmo tempo que tenta debochar de si mesmo, o longa tenta ser levado a sério, prometendo algumas reviravoltas construídas em cima do mistério, mas que só servem para deixar o filme mais clichê.

Paixão Obsessiva estreia nesta quinta-feira, dia 20. Assista o trailer:

Comentários