Peppa Pig, As Botas de Ouro e o fascínio infantil pela porquinha

por Bruna Nobrega
brunadanobrega@gmail.com

“Mamãe, que horas vai começar a Peppa?”. Uma menina de provavelmente uns quatro anos fez esse pergunta para a mãe de diversas maneiras nos vinte minutos que precederam a sessão do filme Peppa Pig, A Botas de Ouro e Outras Histórias (Peppa Pig, The Golden Boots and Other Stories, 2016).

peppa pig 1

A sala do cinema, lotada de famílias, tornou claro o fascínio que essa porquinha e seus amigos exercem nas crianças entre três e sete anos, aproximadamente. Em diversos momentos do longa, com uma hora de duração, pais tiveram que se levantar para resgatar seus filhos que correram até a tela de exibição numa tentativa de ficarem mais próximos da Peppa.

Esse filme, essencialmente, não traz nenhuma história grande ou desenvolvida da série. Simplesmente há uma junção de nove episódios inéditos de cinco minutos e a história das Botas de Ouro, a parte mais longa da produção, com quinze minutos.

Os enredos envolvem situações cotidianas que a população de uma cidade pequena pode passar. Há desde festas escolares para a arrecadação de dinheiro até passeios para dormir na casa dos avós. Entretanto, há também situações completamente irreais, como uma viagem de cinco minutos à Lua e uma excursão escolar que esquece um dos alunos e a professora no museu. Essas falhas não têm qualquer efeito negativo sobre os filhos, mas podem irritar os pais ou responsáveis que forem acompanhá-los.

peppa pig 2

Apesar disso, o filme só traz bons ensinamentos para as crianças. Além de estimular a imaginação, trata sobre o crescimento, explicando sobre os bebês e os adultos, ensina sobre animais noturnos e sobre como devemos trabalhar para atingir nossos objetivos. Há também um foco em sentimentos que devem ser sentidos e exercidos sempre como a gratidão e o amor.

O único medo que os pais vão sentir depois de levar seus pequenos ao cinema vai ser o de não conseguir tirar a música do filme da cabeça ou o de seus filhos decidirem começar competições de “pular para cima e para baixo nas poças de lama”, situação extremamente repetida durante o longa, afinal a Peppa é uma porca.

Reforçando o amor das crianças pelo desenho, ao final da exibição, a mesma menina que aguardava ansiosamente para ver a Peppa disse à mãe: “A gente pode vir de novo amanhã?”.  O filme será exibido nos cinemas do dia 26 a 29 de maio e nos dias 4 e 5 de junho.

Trailer:

Comentários